Leitores

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Convite Chá de Fraldas

1

1 ch[1]

Clique na imagem para ampliar

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Vacinas na Gravidez

0

vacinas

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Convites para Chá de Baby…

0

Veja mais Aqui

Alimentação na Gravidez…

0

Com uma nutrição saudável e equilibrada você garante um bom desenvolvimeto de seu bebê, e uma gestação melhor.
A  nutrição desempenha um importante papel na gestação. Foi demonstrado através de testes laboratoriais que a forma de comer deficiente causam efeitos prejudiciais tanto à mãe quanto ao feto. Constatado por alguns estudos que a má nutrição materna pode ser uma causa de deficiência no crescimento, resultando em bebês pequenos e desnutridos.
As conseqüências da má nutrição para o feto dependem do período, severidade e duração da restrição dietética. Adicional energia, proteínas, vitaminas e minerais são requeridos durante a gravidez para suportar a demanda metabólica da gravidez e do crescimento fetal.
 Mini gif 228Adicionando Energia à Sua RotinaEncontrar o requerimento energético ideal é difícil, porque ele está correlacionado com o peso da mulher antes da gravidez, o ganho de peso, período da gestação e a atividade física. De acordo com as Quotas Dietéticas Recomendadas (RDAs) é necessário um adicional de 300Kcal no período da gestação, em especial no segundo e terceiro trimestre.
 Mini gif 228Adicionando Proteínas à Sua Dieta
Ocorre a necessidade de um adicional proteíco para suportar a síntese de tecidos maternal e fetal. É importante compreender que é importante adequar a alimentação em relação a  energia e proteína. O crescimento é um processo complexo que requer mais do que um fornecimento adequado de proteínas e  energia. Para garantirmos uma gestação saudável, ocorre a necessidade de uma ingestão de vitaminas e minerais dietéticos e/ou suplementados.
 Mini gif 228Adicionando Vitaminas e Minerais à Sua Dieta
Todos as vitaminas e minerais são de suma importância. Na gestação, podemos dar maior ênfase ao acido fólico, acido ascórbico, vitaminas B6, A, D, E, K, cálcio, fósforo, ferro, zinco, cobre, sódio, magnésio, flúor e iodo. Para suprir as nossas necessidades é extremamente importante uma alimentação diversificada incluindo cereais, produtos integrais, oleaginosas, frutas, legumes, verduras, laticínios e carnes nas quantidades recomendadas. Os minerais e as vitaminas possuem funções específicas que garantem a saúde da mãe e o perfeito desenvolvimento fetal. É fundamental que a "futura mamãe" tenha hábitos alimentares saudáveis e "escolha" os alimentos corretamente garantindo a ingestão de todos os nutrientes necessários.
 Mini gif 228A Dieta da Mãe que Amamenta
O mesmo podemos dizer para as mães que amamentam, pois durante este período há um aumento das necessidades energéticas em função do grande gasto calórico para a produção do leite. A mãe que está amamentando não pode esquecer de ingerir líquidos em grandes quantidades, principalmente água (pelo menos um litro por dia), chás e sucos. O baixo consumo de líquido pode levar a uma diminuição da produção de leite
 Mini gif 228Precauções Necessárias para as Mães que Amamentam
  • Evitar grandes quantidades de café, chá preto, chocolate, alimentos com corante, alimentos light e adoçantes;
  • Não exagerar em temperos de odor forte, como o alho;
  • Não fumar nem fazer uso de bebidas alcóolicas;
  • Procurar comer peixe duas a três vezes na semana;
  • Não tomar medicamentos sem orientação médica, pois algumas drogas podem ser transmitidas para o leite.
É fundamental que essas fases "especiais de nossas vidas" sejam muito bem programadas e orientadas por profissionais competentes para garantirmos a nossa saúde e a de nossos filhos.
 Mini gif 228Modelo de Cardápio para Gestantes
Muita atenção deve ser dada ao se elaborar uma orientação nutricional para uma gestante. O consumo de alimentos deve ser adequado para atingir as necessidades nutricionais da mãe e do feto. O planejamento das refeições deve suprir o fornecimento adicional de nutrientes para suportar as exigências metabólicas da gravidez e ganho de peso. A necessidade energética diária é individualizada variando de acordo com o peso pré-gravidez e estágio da gestação.
 Mini gif 228Exemplo de Cardápio
Café da manhã
Laticínios: leite ou iogurte ou queijo magro
Pão de centeio ou integral ou francês
Creme vegetal
Frutas ou sucos de frutas ou ambos
Lanche Matinal
Vitaminas de frutas ou leite com frutas, laticínios magros ou frutas
Almoço
Verduras e legumes crus ou cozidos, consumir todos os dias em grandes quantidades.
Arroz integral ou branco ou massas
Carnes magras, no caso de frango, sem pele ( retirar a pele no preparo)
Acompanhamento – legumes e verduras cozidos, evite frituras
Sobremesa - frutas ricas em vitamina C ou suco de frutas ricas em vitamina C - acerola, Kiwi, morango, goiaba, açai, laranja, limão, tomate e couve – antioxidante e melhor absorção de ferro.
Lanche Vespertino
Leite magro + café + bolachas ou torrada
Jantar
As preparações devem ser de fácil digestão, pois geralmente as pessoas têm atividade muito sedentária após o jantar (assistir televisão, dormir, ler, estudar).
Sopas ou saladas completas.
Caso opte pelo consumo de carne, recomenda-se a ingestão de pequenas quantidades de carne e prefira as brancas e no caso das vermelhas em preparações moídas ou em sopas.
Optar pela salada + sopa ou pela salada + lanches.
Lanches com frios magros + verduras cruas e cozidas + sucos
Ceia
Mingau de aveia + leite magro ou chá + fatia de queijo magro ou um copo de iogurte magro + uma fruta.
OBS: Não consumir frituras e pratos com molhos gordurosos, atenção ao consumo de sal e óleo.
O ideal é procurar a orientação de um profissional especializado para que a dieta seja direcionada para "você ", de acordo com as sua necessidades nutricionais, peso atual e exame laboratoriais.
fonte: clubedobebe.com.br

O Quarto Mês…

0

Sintomas, sinais e sensaçõesImportante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos. Além de alguns sintomas que continuam do mês passado.
Físico:Cansaço;
Diminuição da frequência da vontade de urinar;
Diminuição ou desaparecimento da náusea, vômitos e salivação excessiva;
Prisão de ventre;
Âzia e dificuldade de digestão;
O seio continua a aumentar de tamanho, mas a sensação de dor e desconforto provocada pelo inchaço desaparecem ou diminuem;
Possíveis dores de cabeça;
Possível inchaço dos tornozelos e dos pés, e às vezes também das mãos;
Aumento do apetite;
Aumento da umidade vaginal;
Surgimento de algumas veias varicosas e/ou hemorróidas;
Algumas gestantes, principalmente as mais magras, poderão sentir no final do 4° mês de gestação leves movimentos do bebê.
Emotivos:Instabilidade emocional, similar à TPM (sindrome pré-menstrual): como por exemplo, maior irritabilidade, mudanças repentinas de humor, vontade de chorar;
Apreensão, medo, alegria, excitação;
Uma certa sensação de "estar fora de sintonia", podendo às vezes fazer você se sentir atrapalhada, esquecendo das coisas, ou simplesmente sem a menor concentração no que está fazendo.
Como seu Bebê Cresce dentro de Você
Seu bebê faz xixi pela primeira vez:
A partir da 14a. semana todos os orgãos internos do feto estão com suas estruturas principais já formadas. O figado começa a produzir o primeiro suco gástrico, e os rins iniciam a produção de urina, que é diluída e formada basicamente de líquido amniótico.
Começam a crescer os primeiros cabelos:
Entre a 15a. e a 16a. semana, os delineamentos do rosto do bebê se definem melhor, com a formação da boca. A pele que vai se formando é lisa e transparente, e os primeiros cabelinhos começam a aparecer. Como o bebê engole muito líquido amniótico,  às vezes ele pode ter soluços. E também poderá ser flagrado chupando o polegar.
Produz 100 células nervosas por segundo:
Neste período, a produção de células nervosas inicia a se acelerar, e as estruturas muscular e óssea prosseguem em seu desenvolvimento, fazendo com que ele comece a se movimentar mais dentro do utero materno.
Qual é o aspecto do bebê: Ao final do 4° mês, o bebê em média mede uns 10 a 12 centímetros e seu peso pode chegar a aproximadamente 200 a 220 gramas, mas ainda não será possível se detectar no ultrasson qual o sexo do bebê.
Qual é o aspecto da mamãe:Ao final do quarto mês, você já poderá mostrar orgulhosa a sua pequena barriguinha, e para algumas gestantes é a fase em que elas conseguem sentir pela primeira vez o bebê se mexendo. Mas nem sempre isso acontece, por isso fique tranquila se ainda você não sentir nada... logo logo você vai sentir!!!
Algumas Possíveis Preocupações
Dores nas Costas:
Poucas são as gestantes que não se queixam de dor nas costas. Normalmente localizada na região lombar, essas dores normalmente são consequência de uma maior mobilidade nas articulações da bacia e da coluna, devido ao seu corpo estar se ajustando às alterações hormonais da gravidez. Une-se a isto o fato que seu abdomen em crescimento provoca uma inclinação de seus ombros para trás, tentando compensar o desequilíbrio. Para tentar combater este desconforto, siga algumas dicas: tente manter uma postura mais reta; tente não aumentar muito de peso; evite saltos muito altos; evite levantar pesos; não fique em pé por períodos muito prolongados, tentando alternar um pouco de repouso sentada com os pés apoiados num banquinho; faça caminhadas lembrando de manter a postura correta, pois isso fortalecerá sua musculatura lombar; procure dormir em colchões rígidos. Se, por acaso, a dor nas costas for muito intensa, procure seu obstetra e converse a respeito com ele.
Câimbras:Geralmente, se manifestam à noite, principalmente nos pés, na panturrilha (barriga da perna) e nas coxas. São espasmos musculares e que causam uma certa dor, e são provocados por uma carência de cálcio, potássio e outros sais minerais. E também, muitas vezes podem ser provocadas por um maior sedentarismo da gestante, ou ao contrário, por muito tempo em pé. Será sempre seu obstetra a pessoa mais indicada para falar a respeito e indicar algo que lhe ajude, caso sejam dores muito fortes. Na maioria das vezes, as câimbras podem ser aliviadas na fase de dor mais aguda se você flexionar o pé ou tornozelo, ou esticar a perna no caso de ser nas coxas. O uso de meias elásticas durante o dia pode ajudar a evitar as câimbras, como também o alternar de períodos em pé e em repouso, e a pratica de caminhadas.
Perdas Vaginais:Você  poderá notar neste período, perdas vaginais líquidas e de aspecto leitoso, e que são normais durante toda a gravidez. Portanto não são motivo de preocupação. Mas fique atenta para qualquer alteração que possa ocorrer em seu aspecto, como cor (amarelada ou esverdeada), odor desagradável, coceira ou queimação. Neste caso, não hesite em procurar seu ginecologista, que lhe indicará a terapia a ser seguida.
Linha Nigra e Outras Alterações na Pele:Sua pele irá sofrer alterações com o decorrer da gravidez, que são normais e tendem a desaparecer após alguns meses do parto. A mais característica é a "linha nigra" que é uma linha escura que vai do estomago à região pubiana. Ocorre também a formação de manchas escuras no rosto, e elas também desaparecerão após o parto. A única coisa que você deve evitar é expor-se ao sol, ou pelo menos faça-o usando um protetor solar com um alto fator de proteção, para evitar que essas manchas escureçam ainda mais.


quinta-feira, 15 de novembro de 2012

O Terceiro Mês...

0


Sintomas, sinais e sensações
Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos. Além de alguns sintomas que continuam do mês passado.
 Físicos:
Cansaço e sonolência;
Vontade de urinar com frequência;
Náusea, vômitos e salivação excessiva;
Prisão de ventre;
Âzia e dificuldade de digestão;
Repulsa ou desejo por certos alimentos;
Modificações no seio (inchaço, sensação de adormecimento, pesadêz, formigamento, escurecimento das aréolas, aparecimento de pequenas veias de cor azul sob a pele, devido ao aumento de irrigação sanguínea no seio);
Possíveis dores de cabeça, às vezes desmaios e tontura;
As roupas começam a ficar ligeiramente estreitas na cintura e no seio, o abdomen pode parecer um pouco aumentado;
Aumento do apetite;
Algumas veias ficam mais visíveis, devido ao aumento no volume de sangue.
Emotivos:
Instabilidade emocional, similar à TPM (sindrome pré-menstrual): como por exemplo, maior irritabilidade, mudanças repentinas de humor, vontade de chorar;
Apreensão, medo, alegria, excitação;
Períodos de extrema calma e serenidade.
Como seu Bebê Cresce dentro de Você 
Inicia-se a formação das pálpebras:
Entre a nona e a décima semana a cabeça do feto já está bem delineada, aparecendo um tanto quanto desproporcionada em relação ao resto do corpo. Neste período se formam as pálpebras que irão proteger os globos oculares.
Um desenvolvimento rápido:
Já começam a se desenvolvendo outros orgãos, o sistema circulatório e urinário já estão funcionando, os orgãos genitais já se desenvolveram e os lineamentos do rosto já estão modelados. No final da 10a.-11a. semana, aparecem sob a derme as terminações nervosas, e o feto já consegue reconhecer os sons maternos da respiração, dos batimentos cardiacos e da voz.
Move as mãos e os pés, e abre a boca:
Os músculos e as articulações consentem ao feto fazer seus primeiros movimentos,  na ponta dos dedos se visualizam as unhas, e ele começa a movimentar-se bastante suas mãozinhas e pezinhos, em continuos movimentos de abrir e fechar. Também já pratica a sucção, engolindo líquidos à sua volta..
Qual é o aspecto do bebê:
Próximo ao final do terceiro mês, o feto já aumentou de tamanho, chegando a medir cerca de 6,25 a 7,5 cm e pesa aproximadamente 14 a 18 gramas.
Qual é o aspecto da mamãe:
Ao final do terceiro mês, sua barriga se notará muito pouco, mesmo se você já teve um aumento de peso aproximadamente de 2 quilos. Ao contrário de seus seios que devem ter aumentado bastante a ponto de você precisar aumentar a numeração de seu sutiã.
Algumas Possíveis Preocupações
Prisão de Ventre: 
Frequente na grande maioria das gestantes, a prisão de ventre é um sintoma comum na gravidez, provocada por alguns fatores de ordem hormonal (que provocam um processo digestivo mais lento e menos eficiente) e pela compressão causada pelo utero em crescimento sobre o intestino, que impede um funcionamento normal. Algumas dicas podem aliviar este problema, como: inclua mais fibras na sua alimentação (frutas, verduras cruas, cereais); "afogue" seu inimigo com muita água; e faça alguma atividade física moderada, como caminhadas ou natação para gestantes.
Gazes:
Este sintoma tão frequente na gravidez, pode ser suavizado seguindo as mesmas orientações que você vai ouvir para muitos outros sintomas: ao invés de fazer 3 refeições diárias abundantes, faça 6 refeições menores; mastigue bem e devagar evitando engolir ar junto com a comida; diminua a quantidade de alimentos que normalmente já causam a sensação de inchaço (couve-flor, cebolas, feijões).
Aumento de Peso:
Nenhuma mulher é igual a outra, e isso vale também para o aumento de peso na gravidez. Existem mulheres muito magras que não aumentam quase nada, e outras já um pouco acima do peso normal que aumentam demais logo no início da gravidez. O certo é um aumento de peso que varie de 900 a 1800 gramas no primeiro trimestre da gravidez. Para uma mulher de estatura média, os médicos recomendam um aumento de peso durante toda a gravidez de 9 a 13,5 quilos, o que possibilitaria inclusive uma gravidez mais saudável, um parto mais tranquilo, e uma recuperação e volta à forma física mais rápida. Calcula-se o ritmo deste aumento de peso da seguinte forma: no primeiro trimestre, uma gestante de peso médio deveria aumentar cerca de 1,3 a 1,8 quilos; no segundo trimestre, um aumento de aproximadamente 5,0 a 6,3 quilos, e no terceiro trimestre, um aumento de peso de 3,6 a 4,5 quilos. Esta é a fórmula ideal, mas nem sempre fácil de ser seguida. O importante é manter um aumento de peso constante, preocupando-se sempre com a qualidade dos alimentos de sua dieta, que sejam nutritivos e balanceados, e seguir o controle feito pelo seu obstetra, que é a pessoa mais indicada para equilibrar sua alimentação de acordo com o ritmo de sua gravidez e suas características físicas de peso e altura.
Distúrbios com o Sono:
Durante os primeiros meses da gravidez, é normal ter problemas de sonolência, principalmente de dia após as refeições. Acontece de você adormecer com facilidade nas horas mais impróprias, e durante a noite passar horas em claro sem conseguir conciliar o sono. A causa principal disso, são as profundas alterações hormonais, mas que deve desaparecer no início do segundo trimestre.







O Segundo Mês...

0


A partir da 5a. semana de gestação, o embrião apresenta um formato oval parecendo-se mais com um corpinho, e consegue-se perceber em uma extremidade a formação do cérebro e no resto a formação da estrutura corporal e dos membros. 
Sintomas, sinais e sensações 
Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos. Além de alguns sintomas que continuam do mês passado.
Físicos: 
Cansaço e sonolência;
Vontade de urinar com frequência;
Náusea, vômitos e salivação excessiva;
Prisão de ventre;
Âzia e dificuldade de digestão;
Repulsa ou desejo por certos alimentos;
Modificações no seio (inchaço, sensação de adormecimento, pesadez  formigamento, escurecimento das aréolas, aparecimento de pequenas veias de cor azul sob a pele, devido ao aumento de irrigação sanguínea no seio);
Possíveis dores de cabeça, às vezes desmaios e tontura;
As roupas começam a ficar ligeiramente estreitas na cintura e no seio, o abdômen pode parecer um pouco aumentado.
Emotivos:
Instabilidade emocional, similar à TPM (síndrome pré-menstrual): como por exemplo, maior irritabilidade, mudanças repentinas de humor, vontade de chorar;
Apreensão, medo, alegria, excitação.

Como seu Bebê Cresce dentro de Você
Começa a formação do corpo:

Um coração que bate:
É neste período que o coração de seu bebê começará a bater, e começam a aparecer os delineamentos dos olhos, das orelhas, da boca e das fossas nasais. Está se formando o saco amniótico (juntamente com o líquido amniótico) que tem a função de envolver o feto e protegê-lo por toda a duração da gravidez.
Órgãos que vão se formando: 
Começa a formação dos dedos, e também a definição da estrutura esquelética, inicialmente com a cartilagem e mais tarde com os ossos. Inicia-se a formação do aparato genital e dos órgãos do aparelho digestivo.
Qual é o aspecto do bebê:
No final deste período o feto tem aproximadamente 3 cm de comprimento e pesa cerca de 10 gramas, e ele agora tem um aspecto mais humano.

Algumas Possíveis Preocupações
Modificação das Veias: 
Muitas gestantes notarão que seu corpo apresenta um reticulado de veias azuis finíssimas, sem saber o que causa isso. Isso se deve ao seu sistema circulatório, que devido ao maior volume de sangue associado à gravidez que circula em seu corpo, forma este reticulado em seu corpo. O maior problema relacionado com seu sistema circulatório em uma gravidez diz respeito à formação de varizes e o melhor mesmo para evitar o aparecimento delas é a prevenção, principalmente porque se você ficar grávida outras vezes, as varizes tenderão a piorar. O que você pode fazer: evite aumentar muito de peso, evite ficar muito tempo em pé, e quando estiver sentada deixe as pernas apoiadas em alguma almofada ou "puff"; use meias elásticas durante todo o dia; faça caminhadas leves todos os dias. 
Problemas de Pele: 
A maior parte das gestantes apresenta uma pele esplendorosa durante a gravidez, devido muitas vezes às alterações hormonais. Mas muitas vezes, são estas mesmas alterações que provocam em outras gestantes o aparecimento de "espinhas", principalmente em mulheres que habitualmente sofrem com isso nos períodos pré-menstruais. Para melhorar o problemas, tente seguir uma dieta equilibrada, que fará bem seja ao seu bebê seja à sua pele; beba muita água, que é um dos melhores hidratantes da pele; faça sempre uma boa limpeza na sua pele com produtos neutros e delicados; evite tomar sol ou se assim o fizer use sempre um protetor solar.
Perder a Forma Física:
Um dos principais receios da mulher grávida é perder a forma física... principalmente para aquelas que sempre se preocuparam muito com seu aspecto. Depois do parto, muitas mulheres tem problemas para voltar à forma física de antes porque engordaram muito, não seguindo uma dieta balanceada e não fazendo nenhum tipo de atividade física, como por exemplo caminhar. Seguindo a correta orientação do seu médico e adotando hábitos alimentares saudáveis, você deverá aumentar somente o necessário durante a sua gravidez, e após o parto e a amamentação, você poderá assim voltar em alguns meses à forma física precedente.
Dor de Estômago e Indigestão:
Vários fatores contribuem para esses distúrbios do aparelho digestivo durante a gravidez, que afligem a maioria das gestantes por quase toda a duração da gravidez (algumas mais, outras menos). De qualquer forma pode-se tentar diminuir essas sensações desagradáveis seguindo alguns conselhos que provavelmente são indicados para muitos outros sintomas: controle para não aumentar muito de peso; não use roupas muito estreitas que apertem no abdômen já um pouco aumentado; coma lentamente mastigando pausadamente; elimine aqueles alimentos que você já reconhece que lhe causam indigestão; evite o fumo e o álcool; levante o espaldar de sua cama cerca de 10 a 15 cm para dormir com a cabeça mais alta; e caso nada dê certo, consulte seu médico e peça uma orientação mais específica.
Repulsa ou Desejo por Certos Alimentos:
Aqui podemos imaginar a clássica cena do marido acordado no meio da madrugada numa noite chuvosa de inverno para ir procurar ostras empanadas ao molho agridoce. Arghhh... Por sorte (dos maridos!!!) muito disso é folclorístico, e são poucas as gestantes que realmente passam por esse tipo exagerado de "vontade". Existem muitas teorias sobre o fundamento dos "desejos da mulher grávida", e alguns interpretam estes desejos como um aviso que o próprio organismo nos envia de que algum alimento (ou substância) se faz necessária ou o inverso. Na realidade, cabe um pouco de bom senso: se deseja ardentemente algum alimento que você sabe que faz bem a você ou ao bebê, não hesite em comê-lo. Por outro lado, se apesar de eterna viciada em um bom cafezinho, agora você não suporta nem o cheiro, tanto melhor!! Mas se sente total aversão por alimentos que deve comer pelo valor nutritivo que eles têem, tipo peixe ou verduras de folha verde, aí você deverá conversar com seu médico para orientá-la melhor na substituição por outros alimentos de igual valor. Há quem diga também que muito dos "desejos" das mulheres grávidas são na verdade uma forma de extravasar suas necessidades emotivas, por exemplo, tentando chamar um pouco de atenção e carinho a mais. Se a mulher gestante (e seu marido) conseguem perceber essa necessidade tão natural nesta fase, é muito mais fácil satisfazê-la com um pouco de aconchego romântico e tranquilo a dois, do que uma procura desesperada no meio da noite por alguma comida exótica.

O Primeiro Mês...

0


Sintomas, sinais e sensações 
Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos.
Físicos:

Ausência da menstruação

Cansaço e sonolência;
Vontade de urinar com frequência;
Náusea, vômitos e salivação excessiva;
Âzia e dificuldade de digestão;
Repulsa ou desejo por certos alimentos;
Modificações no seio (inchaço, sensação de adormecimento, pesadêz, formigamento, escurecimento das aréolas, aparecimento de pequenas veias de cor azul sob a pele, devido ao aumento de irrigação sanguínea no seio);
Emotivos:

Instabilidade emocional, similar à TPM (síndrome pré-menstrual): como por exemplo, maior irritabilidade, mudanças repentinas de humor, vontade de chorar;
Apreensão, medo, alegria, excitação.
Como seu Bebê Cresce dentro de Você
Óvulo e Espermatozóide se encontram: Aproximadamente no 14°  dia do ciclo menstrual, o óvulo feminino é liberado pelo ovário e se dirige ao útero através das trompas.  De seu encontro com o espermatozóide procede a gestação.
Óvulo fecundado se transforma em um embrião: 
Depois de aproximadamente 6 a 8 dias após a concepção, o óvulo fecundado se implanta no útero materno e começa a ser chamado de embrião. Nesta fase, ele é formado por algumas centenas de células que serão as precursoras na formação de todos os futuros órgãos.
O início de uma vida aquática: Devidamente acomodado no útero  o embrião inicia o desenvolvimento dos sistemas de formação da placenta e do cordão umbilical  que permitem que ele se adapte à vida aquática dentro do útero até o momento de seu nascimento.
Qual é o aspecto do bebê:
Próximo ao final do primeiro mês, seu bebê é na verdade uma minúscula sementinha, menor que um grão de arroz, com aproximadamente 5 mm. Nas duas próximas semanas, iniciará a formação do tubo neural (do qual derivam o cérebro e a medula) do coração, do aparelho digestivo, dos olhos e das orelhas, e dos braços e das pernas.
Algumas Possíveis Preocupações
Cansaço 
Muitas gestantes sentem nos primeiros meses da gravidez um enorme cansaço. Isso porque seu corpo está produzindo todo o complexo embrião-placenta, que é o sistema que servirá para sustentar a vida de seu bebê, e também está se adaptando a muitas outras necessidades físicas e emotivas da gravidez. Todo esse processo deve continuar nos primeiros três meses, por isso, se estiver se sentindo muito cansada considere como um fato normal e aproveite para descansar. Aproveite para relaxar sentada com os pés apoiados, aceite a ajuda de algum familiar nos cuidados com a casa, durma umas duas horas a mais por noite. Porém se o cansaço for excessivo, ou se for acompanhado de desmaios, palidez ou palpitações é importante comunicar ao seu obstetra.
Náusea Matutina: As náuseas, assim como os desejos por certos alimentos, são uma daquelas verdades da gravidez que não se explicam... existem! Porém um terço das gestantes não sofre com os sintomas da náusea ou do vômito. Para as outras gestantes que sofrem com a náusea, resta ao menos o consolo que não ultrapassa o terceiro mês, e raramente interfere com a alimentação ao ponto de afetar o feto. Muitas vezes ela pode aparecer em outros períodos do dia, como à tarde e à noite, ou mesmo durar o dia inteiro. Ninguém ao certo sabe definir a causa da náusea  mas pelo menos existem algumas dicas para tentar aliviá-la: faça desde o início da gravidez uma alimentação mais saudável e balanceada; beba muitos líquidos (chás, sucos ou sopas) ou alimentos com alto teor de água (frutas e verduras); evite sentir o cheiro ou a visão dos alimentos que você já identificou que lhe causam a náusea; faça várias pequenas refeições ao dia, evitando ficar longos períodos de estomago vazio; durma bem para se sentir relaxada, e quando levantar de manhã cedo faça-o lentamente; não tome medicamentos contra a náusea sem antes falar com seu médico.
Estímulo a Urinar com Frequência: No primeiro e último trimestre da gravidez, a 
maior parte das gestantes faz frequentes idas ao banheiro, e um dos motivos é o aumento representado pelo maior volume de líquidos corpóreos e pela maior eficiência dos rins. Outro fator é a compressão feita pelo útero  que começa a aumentar de tamanho, pressionando a bexiga.
Modificações no Seio: O seio aumenta já no início da gravidez pela maior quantidade de hormônios produzidos no seu organismo, isso porque se está preparando para nutrir o bebê quando ele nascer. A aréola aumenta e escurece, e aparecem pequenas saliências ao redor, como também surge uma espécie de rede de pequenas veias azuis. A sensibilidade e a sensação de dor, que você sente no início da gravidez tendem a desaparecer no 3° ou  4°  mês. Durante toda a gravidez seu seio continuará a crescer e é muito importante o uso de um bom sutiã que lhe dê sustentação.
Complexos Vitamínicos: Somente o seu obstetra, conhecendo seu estado de saúde, seu modo de vida e a sua alimentação, poderá estabelecer a necessidade ou não de receitá-las e qual o tipo e a dosagem aconselhada.
Aborto Espontâneo:
Quase toda grávida, em algum momento durante o primeiro trimestre da gravidez, experimenta uma sensação de medo e ansiedade só em pensar na possibilidade de abortar.
Muitas evitam inclusive falar sobre a gravidez até o quarto mês, quando começam a se sentir mais seguras. Normalmente, mesmo não gostando de pensar a respeito, o aborto espontâneo é uma forma que a própria natureza, genética ou não, encontra de selecionar um embrião ou um feto que tenha alguma anomalia. E estes receios são comuns a todas as gestantes, por isso, o melhor é pedir uma orientação completa ao seu ginecólogo, sobre os possíveis sinais de alerta e o que fazer caso eles ocorram. E lembre-se de cuidar bem de si mesma, evitando grandes esforços físicos, descansar e alimentar-se bem e desistir de certos hábitos prejudiciais como o fumo e o álcool. Cuidando bem de você, você estará cuidando bem de seu filho!
A Consulta Obstétrica: A primeira consulta obstétrica é a mais completa, pois seu médico irá recolher todas as informações sobre seu histórico médico e ginecológico, e também serão pedidos vários exames laboratoriais. Antes da consulta, tente se lembrar de todo seu histórico médico, como as doenças e as cirurgias que teve, sobre ao que é alérgica, sobre a história médica de seu marido e toda a família (doenças hereditárias), e sua história ginecológica (data das primeiras menstruações, duração do ciclo, etc). Inicialmente será feita a confirmação da gravidez, com os sintomas que você apresenta e a data da última menstruação, para se estabelecer a data aproximada do parto.

Veja você mesma no Calendário Obstétrico quando será aproximadamente a data do parto. 


O ginecologista irá também fazer uma avaliação completa de seu estado de saúde, examinando coração, pulmão, abdômen e seios; medirá também sua pressão arterial, seu peso e estatura; e verificará braços e pernas para ver a presença ou não de varizes ou inchaços; e fará também um exame ginecológico completo. Você deverá fazer também uma série de exames: hemograma completo, exame para determinar o fator Rh, exames de urina, papanicolau, exames para os anticorpos da rubéola, VDRL (sifilis), entre outros. Lembre-se: esta consulta é a primeira oportunidade que você tem para expor suas dúvidas, medos e preocupações, sendo uma excelente ocasião para discutir com seu médico todos os argumentos que podem estar deixando-a ansiosa.

fonte:http://www.clubedobebe.com.br

A gravidez

0

Podemos dizer que esta fase da história é considerado o melhor período para se ter um filho, pois nas últimas décadas houve um enorme avanço na medicina, resultando em melhores êxitos nas gestações, seja para os recém nascidos seja para as gestantes. 

Hoje, as mulheres iniciam a gravidez mais saudáveis, recebem um melhor e mais completo acompanhamento obstétrico, e participam mais ativamente (junto com seus maridos) de toda a gravidez. E o acesso a informações genéricas sobre todo o desenrolar da gravidez (da concepção ao parto) prepara melhor a mulher, física e emocionalmente, para que ela saiba o que está acontecendo com seu bebê, com seu corpo, com suas emoções. 

Podendo esclarecer suas dúvidas, ela enfrentará melhor as preocupações, ansiedades e medos normais da gestação, e também definirá hábitos mais saudáveis a serem seguidos. O objetivo deste manual é o de fornecer um quadro amplo de informações gerais sobre a gestação e seus vários aspectos, para ajudar a futura mamãe em sua "doce espera". Boa sorte!!! 

Grávida - Marina Lima

0


GRÁVIDA
(Marina Lima/Arnaldo Antunes)

Eu tô grávida 
Grávida de um beija-flor 
Grávida de terra 
De um liquidificador 
E vou parir 
Um terremoto, uma bomba, uma cor 
Uma locomotiva a vapor 
Um corredor
Eu tô grávida
Esperando um avião
Cada vez mais grávida
Estou grávida de chão
E vou parir
Sobre a cidade
Quando a noite contrair
E quando o sol dilatar
Dar à luz
Eu tô grávida
De uma nota musical
De um automóvel
De uma árvore de Natal
E vou parir
Uma montanha, um cordão umbilical, um anticoncepcional
Um cartão postal
Eu tô grávida
Esperando um furacão, um fio de cabelo, uma bolha de sabão
E vou parir
Sobre a cidade
Quando a noite contrair
E quando o sol dilatar
Vou dar a luz


A chave da significação desta canção está no adjetivo grávida. O título de um texto já é uma primeira pista para a sua interpretação.Por que o título: grávida, para a canção? Começo por dizer que as palavras podem ser usadas em dois sentidos diferentes. O primeiro é o sentido real, concreto, o significado do dicionário, é o sentido chamado de  denotativo. Quando digo grávida, refiro-me à mulher que concebeu um filho, que está no estado de gestação de um bebê, que se prepara para dar à luz uma criança.Observem que a expressão é: dar à luz um filho –  sinal de crase aqui é decisivo– isto é, ela vai dar para a luz do dia um filho, um ser. O segundo sentido é o conotativo, é o sentido figurado, poético, subjetivo. É nesse sentido que está empregado o adjetivo grávida da canção de Marina Lima e Arnaldo Antunes.
A mulher que fala no poema está encantada, repleta de luz, cheia de alegria, por ver as coisas como estão.Assim, um beija-flor vai engravidá-la, e ela vai parir uma cor; está grávida de terra e vai parir um terremoto”; grávida de um liquidificador, e vai parir uma bomba, uma locomotiva a vapor, um corredor”.
No texto há um jogo de palavras bastante original e é nesse jogo que reside a riqueza do poema. Fazer um texto é ter o que dizer e descobrir como dizer.Integrar a organização do pensamento com a expressão verbal. Saber escolher as palavras e organizá-las textualmente. Nesta canção, percebe-se uma combinação original entre letra e música, palavra e canto. O universo vocabular é surpreendente pelas combinações insólitas: Eu tô grávida, de um beija-flor, de terra, de liquidificador, e vou parir um terremoto, uma bomba,uma cor. Poesia tem de ser isso mesmo, tem de surpreender, provocar estranhamento, surpresa, fazer pensar. Por isso é arte, é transfiguração da realidade.Veja os contrastes de palavras: grávida,esperando um avião/ grávida de chão e vou parir
sobre a cidade, quando a noite contrair e quando o sol dilatar:
“avião/ chão”, “contrair/ dilatar”. A mulher grávida está contraída de beleza, quer chegar ao momento da dilatação para dar à luz. Aqui nesta segunda estrofe, “dar à luz”, com crase, isto é, dar para a luz, gerar algo para a luz do dia.
Já nos últimos versos: “quando a noite contrair” e “quando o sol dilatar”, “vou dar a luz”,agora sem crase, para significar: dar a luz, como resultado de todo o seu encantamento, de sua gravidez, gravidez da beleza das coisas, do mundo e da beleza de tudo aquilo que a está  encantando. Está grávida de beleza, radiante de beleza e quer parir luz, encantamento.
Interpretar um texto não é adivinhar, é observar as pistas que estão nele mesmo. O texto é um jogo de palavras e de idéias: o que eu leio é o texto; o que eu penso é o discurso.Temos que perceber o jogo das palavras, como elas combinam umas com as outras, reconhecer seus significados, e descobrir o querer dizer do texto, a  intenção textual de dizer. Marina Lima estava feliz nessa época, estava grávida da beleza da vida e queria transmitir às pessoas essa felicidade. Foi isso que ela mesma disse em entrevista, no lançamento de seu novo CD-ROM.O que um artista diz sobre a sua criação, fora da obra, pode ajudar o leitor ou ouvinte a interpretar melhor o que diz  o seu texto, a sua produção.

Análise musical - Professor Juscelino

Antes de ser Mãe

2



Antes de ser mãe, eu fazia e comia refeições quentes.
Eu usava roupas sem manchas.
Eu tinha calmas conversas ao telefone.
Antes de ser mãe,
… Eu dormia tão tarde quanto eu quisesse
e nunca me preocupava com que horas iria para a cama. 
Eu escovava meus cabelos e tomava banho sem pressa.
Antes de ser mãe,
Minha casa estava limpa todos os dias.
Eu nunca tropeçava em brinquedos, ou pensava em canções de ninar.
Antes de ser mãe,
Eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas.
Eu nem sabia que existiam protetores de tomada…
Antes de ser mãe,
Ninguém nunca tinha vomitado ou cuspido em mim.
Eu nunca tinha sido mordida nem beliscada por dedos minúsculos
Ninguém nunca tinha me molhado.
Antes de ser mãe,
Eu tinha controle da minha mente,
dos meus pensamentos, do meu corpo,
e do meu tempo.
Eu dormia a noite toda!!
Antes de ser mãe,
Eu nunca tinha segurado uma criança chorando para que pudessem fazer exames ou aplicar vacinas
Eu nunca havia experimentado a maravilhosa sensação de amamentar (ou alimentar) e saciar um bebê faminto.
Eu nunca tinha olhado em olhos marejados e chorado.
Eu nunca tinha ficado tão gloriosamente feliz por causa de um simples sorriso.
Eu nunca tinha sentado tarde da noite só para admirar um bebê dormindo.
Eu nunca tinha segurado um bebê dormindo só porque eu não queria deixá-lo.
Eu nunca havia sentido meu coração se quebrar em um milhão de pedaços porque eu não pude parar uma dor.
Eu nunca imaginaria que algo tão pequeno pudesse afetar tanto minha vida.
Eu nunca soube que eu amaria ser mãe.
Antes de ser mãe,
Eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora de meu corpo.
Eu não conhecia a força do amor entre uma mãe e seu filho.
Antes de ser mãe,
Eu não conhecia o calor,
A alegria,
O amor,
A preocupação,
A plenitude,
Ou a satisfação de ser mãe.
Eu não sabia que era capaz de sentir tudo isso com tanta intensidade
Antes de ser mãe…
(autora desconhecida)

Minuto Avó...

1


Gente, ser avó pela primeira vez é uma coisa tão louca, que nem tenho palavras pra descrever!. Bem mais você está lendo e não poderá interpretar meus sentimentos só por mímicas não é mesmo? rss..

Preciso contar pra vocês como fiquei sabendo que seria avó, até porque espero que meus neto leiam isso um dia! 
Dormia eu meu sono mais gostoso, o da madrugada, quando sonhei que visitava um hospital, (hoje sei que na verdade era uma maternidade rss.) via claramente uma enfermeira, destas de filmes americanos, descendo a escadaria do hospital, meio que assustada adentrei as alas do hospital sozinha e consegui encontrar um quarto onde havia dois belos recém-nascidos. Porém no meu sonho ninguém mais estava no recinto e vendo aqueles bebês (uma meninha e um meninho) me aproximei e comecei a afagá-los e acolhê-los em meus braços. Acordei! meio atônita, comecei a meditar no sonho e puff! Parei e disse: Xande vou ser avó e de duas crianças. Sempre tive muito forte minha intuição e logo discerni quem seriam os pais. Isso se passou em final de Agosto de 2012. Meu filho Emanoel e sua esposa Helenice, (para os íntimos Neguinha, que de moreninha não tem nada rss.) vienheram me visitar. Daí dei a grande notícia: Te prepara que vem bebê na área e uma é tua e o outro da Priscilla (minha segunda filha). Ele brincou mas quando foi no começo de setembro me procurou assustado, porque acreditou que a mãe tinha poderes mediúnicos rss, mostrou-me o exame de Beta HCG. Caramba, se ela tava assustado imaginem eu! Depois de comentado sobre a "premonição" Aguardamos o resto do sonho se desenrolar. Recentemente recebi a notícia que o bebê do Emanoel é uma menina e que minha filha também está grávida. Só resta agora confirmar o sexo do Bebê dela. Eles confirmarem, por que eu nunca mais  desacreditarei da minha intuição. 

Quando o segundo sol chegar 
Para realinhar as órbitas dos planetas 
Derrubando com assombro exemplar 
O que os astrônomos diriam 
Se tratar de um outro cometa 

Não digo que não me surpreendi 
Antes que eu visse você disse 
E eu não pude acreditar 
Mas você pode ter certeza 
De que seu telefone irá tocar 
Em sua nova casa 
Que abriga agora a trilha 
Incluída nessa minha conversão 

Eu só queria te contar 
Que eu fui lá fora 
E vi dois sóis num dia 
E a vida que ardia sem explicação 

Explicação, não tem explicação 
Explicação, não 
Não tem explicação 
Explicação, não tem 
Não tem explicação 
Explicação, não tem 
Explicação, não tem 
Não tem

(Se me traduz, aqui compartilho a letra de Ananda Condesa}


Ser Avó...

0




SER AVÓ...
Ser avó é ser duplamente mãe.
É querer dar tudo...
E educar também!
É ser amiga e companheira
Tanto na dor como na brincadeira!

É sentir o coração a pulsar
Com um amor enorme
Que com outro, não se pode comparar!
É compreender e respeitar
É uma forma diferente de Amar!

Ser avó é ser um doce...
É dar-lhe tudo que os pais negam..
É sentir o coração apertado
Por não poder fazer a vontade,
A tudo o que os netos pedem!

Eu sou uma avó carinhosa...
Do que fiz não me arrependo,
Mas fico arreliada
Se os vejo a chorar...
Não posso comentar nada,
Mas mesmo triste, compreendo!

Com esse lindo poema da Vovó Chica,(http://osmeuspoemaseoutros.blogs.sapo.pt)
dou início a este blog, onde pretendo compartilhar a alegria de ser duplamente avó(isso mesmo: meus dois filhos resolveram me dar netos ao mesmo tempo) e também algumas coisinhas referentes a arte de criar filhos e de mimar netos.
Bem na verdade minha ficha ainda não caiu rss!
Mas tenho uma certeza que vou adorar curtir essa brincadeira de ver meus descendes, levarem meu nome adiante!!!

Bem vindos ao blog!!


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Meu bebê está assim...